Tags

, ,

Miyake Y, Sasaki S, Tanaka K, Hirota Y. Consumption of vegetables, fruit, and antioxidants during pregnancy and wheeze and eczema in infants. Allergy 2010; DOI: 10.1111/j.1398-9995.2009.02267.x.

Cenário: Dois estudos prévios de coorte mostraram relações inversas entre a ingestão materna de vitamina E e zinco durante a gestação e o risco de sibilos e/ou asma no neonato. Investigou-se a associação entre a ingestão materna de vegetais, frutas e antioxidantes selecionados durante a gestação e o risco de sibilos e eczema nos infantes com idade entre 16-24 meses.

Métodos: O estudo incluiu 763 pares de mães e filhos japoneses. Os dados com respeito à dieta materna durante a gestação foram avaliados por meio de um questionário específico. Os dados referentes à ocorrência de sibilos e eczema foram baseados nos critérios do Estudo Internacional da Asma e Alergias na Infância.

Resultados: Uma maior ingestão materna de vegetais verdes e amarelos, frutas cítricas e beta caroteno durante a gravidez associou-se significativamente à redução no risco de eczema no infante, mas não de sibilos {razão de chances (RC) ajustada entre os extremos de quartil [intervalo de confiança (IC) 95% = 0,41 (0,24-0,71), 0,53 (0,30-0,93) e 0,52 (0,30-0,89), respectivamente}. O consumo materno de vitamina E durante a gestação relacionou-se significativamente de modo inverso ao risco de sibilos no infante, mas não de eczema [RC ajustada (IC 95%) = 0,54 (0,32-0,90)]. Não foram observadas associações significativas de exposição/resposta entre a ingestão materna total de vegetais, vegetais outros que não os verdes e amarelos, frutas, maçãs, alfa caroteno, vitamina C ou zinco e o risco de sibilos ou eczema nos infantes.

Conclusões: O maior consumo materno de vegetais verdes e amarelos, frutas cítricas e beta caroteno durante a gravidez pode oferecer proteção contra o desenvolvimento de eczema no infante. A maior ingestão materna de vitamina E durante a gestação pode reduzir o risco de sibilos no infante.

Comentários

Dr. Ataualpa P. dos Reis
Doutor em Imunologia e Bioquímica pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e professor convidado de pós-graduação da UFMG e da Santa Casa de Belo Horizonte.

O estudo de Miyake Y et al conclui que uma maior ingestão materna de vegetais verdes e amarelos, frutas cítricas e beta caroteno durante a gravidez associou-se significativamente à redução no risco de eczema no infante, mas não de sibilos {razão de chances (RC) ajustada entre os extremos de quartil [intervalo de confiança (IC) 95% = 0,41 (0,24-0,71), 0,53 (0,30-0,93) e 0,52 (0,30-0,89), respectivamente}. O consumo materno de vitamina E durante a gestação relacionou-se significativamente de modo inverso ao risco de sibilos no infante, mas não de eczema [RC ajustada (IC 95%) = 0,54 (0,32-0,90)]. Não foram observadas associações significativas de exposição/resposta entre a ingestão materna total de vegetais, vegetais outros que não os verdes e amarelos, frutas, maçãs, alfa caroteno, vitamina C ou zinco e o risco de sibilos ou eczema nos infantes.

Estudos observacionais como este vêm sendo utilizados desde 1997 em relação à dieta da mãe e consequente correlação com asma e eczema atópico na infância. No entanto, uma revisão de literatura de 2005 publicada no Journal of Allergy Asthma and Immunology1 e o GINA 2009 (Global Initiative for Asthma)2 concluíram que faltam ainda dados de literatura em estudos validados com ensaios multicêntricos, randomizados e duplo cegos controlados para confirmar tais achados. Ensaios com dietas, complemento dietético, antioxidantes, homeopatia, acupuntura, medicina fitoterápica, carecem de estudos validados para comprovação da eficácia 3. Estudos anteriores com suplementos dietéticos, incluindo o selênio, para proteção contra asma e doenças atópicas não revelaram eficácia 4.


Referências:

1. Devereux G, Seaton A. Diet as a risk factor for atopy and asthma. J Allergy Clin Immunol 2005.115:1109-1117.
2. GINA 2009 (Global Initiative for Asthma) . Gina website at: www.ginasthma.org.
3. Hondras MA, Linde K, Jones AP. Manual Therapy for Asthma. Cochrane Database Sys Rev 2005(2): CD001002.
4. Shaheen SO et al. Randomised, double blind, placebo controlled trial of selenium supplementation in adult asthma. Thorax 2007 jun; 62(6): 485-90.