Tags

, , , ,

Vigilância e acompanhamento do RN filho de mãe com IgM(+) / rubéola confirmada durante a gravidez ou criança com suspeita de rubéola congênita

Ao nascimento ou menor de um mês:

  1. Exame clínico minuncioso com objetivo de afastar mal-formações cardíacas,cerebrais ou renais;
  2. Coleta de sangue periférico para sorologia IgM e IgG;
  3. Exame oftalmológico;
  4. Teste de triagem superficial para deficiência auditiva(audiometria comportamental);
  5. Avaliar a presença de icterícia,anemia e púrpura.

Com um mês de idade

  1. Coletar swab de oro e nasofaringe
  2. Exame pediátrico geral
  3. Exame oftalmológico (fundo de olho)
  4. Exame neurológico
  5. Exame otorrinolaringológico
  6. Exame cardiológico (ecocardiograma)
  7. Avaliação do estado nutricional através de peso e altura;medida de perímetro cefálico
  8. Encaminhar para tratamento e acompanhamento nas especialidades que se fizerem necessárias.

Três meses

  1. Dosagem sérica de IgM e IgG Rubéola-específica e coletar swab de oro e nasofaringe
  2. Exame pediátrico geral
  3. Exame oftalmológico
  4. Exame neurológico
  5. Exame cardiológico
  6. Exame otorrinolaringológico
  7. Avaliação do estado nutricional através de peso e altura;medida de perímetro cefálico.

Seis meses

  1. Dosagem sérica de IgM e IgG Rubéola-específica e coletar swab de oro e nasofaringe
  2. Exame pediátrico geral
  3. Exame oftalmológico
  4. Exame neurológico
  5. Exame cardiológico
  6. Exame otorrinolaringológico
  7. Avaliação do estado nutricional através de peso e altura;medida de perímetro cefálico.

Um ano

  1. Dosagem sérica de IgM e IgG Rubéola-específica
    Afastando o diagnóstico de lesão fetal pelo vírus vacinal desconsiderar a criança como de risco,liberando-a do seguimento,tranqüilizando a família e encaminhando para puericultura normal e programas rotineiros de vacinação,incluindo a vacinação contra a Rubéola.
Fonte: Sociedade Parense de Pediatria